segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

O APERREIO DA COSTUREIRA...


Desde que chegou de Cuiabá, com promessas de uma vida sossegada, entre a benevolente família, nossa iludida irmãzinha, Marluce, viu-se acorrentada à uma máquina de costurar, sob a guarda de umas déspotas, que passaram meses acumulando pedaços de retalhos, para que a mão de fada da Nega operasse milagres de transformações. A situação está caótica lá em Leleda, com máquinas de costurar até no banheiro, para a Neguinha não perder tempo. Está refem de duas das irmãs: de um lado, Marlene, em cuja casa guarda seus pertences e de outro, Leleda, que lhe hospeda ...e o resultado é uma disputa cerrada...

Castigue nas tesouradas ...Nega.




6 comentários:

  1. Coitada, ela ta igual agente quando vota num politico ruim. Aquele velho ditado. EU ERA FELIZ E NÃO SABIA.

    ResponderExcluir
  2. Bom se estão mesmo a esplorando, não vou me fazer de modesta, guarde uma vaguinha pra fazer umas duas blusas pra mim kkkkkk beijos Nega

    ResponderExcluir
  3. Lucinha quer as blusas de babado. kkkkkkk

    ResponderExcluir
  4. Marluce passou o dia costurando para Lena. As bermudas número 52 ficaram otimas nela. kkkkk

    ResponderExcluir
  5. E haja pano pra fazer roupas pras Paivas Rochas. É muito metro quadrado. Os gostos são variados. Tem quem goste de bolas, estampas, cores fortes e apagadas também, babados, plinsados, drapeados, coletes, bordados e não esquecendo os brilhos.

    ResponderExcluir
  6. Tem gente por aqui...(Gerarrrrrdo) que está enchendo uma mala com panos de blusas, todos da mesma cor, com oncinhas de igual tonalidade...esperando uma ida à Capitá...

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...