segunda-feira, 26 de março de 2012

HISTÓRIAS DE ALDERI - O RICO, O POBRE E O CASAMENTO...

Nosso Pai gosta de falar sobre o relacionamento do rico e do pobre. Diz que o pobre só socializa com o rico num enterro. Quando o rico falece, o pobre marca presença, chora e até se serve dos "comes e bebes" no velório. Mas quando um pobre morre, o rico não quer nem saber... Quando um rico compra um carrão novo, mesmo pagando à prazo, se alguem lhe pergunta de quem é, ele afirma com segurança: "é meu". O pobre vende tudo que tem, para comprar um carro velho à vista e quando alguem lhe pergunta, de quem é, ele diz: "é nosso"... Dá logo a metade...

Tambem adora falar sobre casamento. Diz que casamento é como a Salve Rainha, que começa ..."vida doçura e esperança nossa" e termina..."gemendo e chorando nesse vale de lágrimas". Acrescenta que o casamento de rico,  no primeiro ano, o homem fala e a mulher escuta; no segundo, a mulher fala e o homem escuta; e no terceiro, os dois falam e os vizinhos escutam... Conta sobre um amigo que depois do matrimônio, lhe confessou que só casou porque  pensava que casamento era como o Judas da Semana Santa,... morria todo ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...