segunda-feira, 30 de abril de 2012

A MORDIDA DA GATA...


A gata de papai, a de guarda, fica na parte traseira da casa, mas tem uma irmã idêntica que exerce o papel de anfitriã, pois fica no jardim da frente. As duas são inimigas mortais e não podemos explicar, por que, numa casa tão harmoniosa, as gatas se detestam.
A de guarda teve filhotinhos, ontem de madrugada, e o que deveria ser um clima de renovação, idílico, pela chegada dessas criaturinhas, numa casa de idosos, tornou-se um pesadelo. 
Eu, veterana no trato com animais, que já fui mordida e arranhada diversas vezes; com uma cicatriz de 11 pontos, ganha por apartar uma briga de cachorros, atracando-me com o fortão; que já tive um "bernie" na minha cabeça, (animal como uma lagarta de fogo, que penetra dentro do corpo, seja na cabeça, barriga, e lhe saboreia sem a menor cerimônia),... tive o gostinho hoje, de uma mordida da mãe felina, valendo-me uma viagem ao hospital e a vacina antirábica.
A gata em questão é arisca e não parecia feliz com o aumento da família (problemas sociais, com paternidade, perda da figura estética, etc...), então eu quis dar uma de assistente social, tentando convencê-la que abandono de filhotes pode dar cadeia...Ela não gostou e a abocanhada foi com vontade... Vai ficar em observação, mas já tomei uma das 3 doses da antirábica.

PS. Não gosta de ser fotografada, prefere o anonimato...

Um comentário:

  1. Ai tia, mordida de gato doi mais ...certa vez leveu 5 mordidas na mão, de uma gata persa, só por Deus. Mas e os filhotes, estão bem?
    Bjs

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...