quinta-feira, 31 de maio de 2012

O CACIMBÃO DO MURO DAS PLANTAS...


O nosso cacimbão está com o nível da água bem baixo. Hoje, papai fez a medição, e apesar do método usado não tenha sido cientificamente aprovado, assim mesmo a escassez está comprovada. Bom, ele usou um cano longo para chegar à areia, no fundo do poço e depois mediu, em palmos, a marca da água e consequentemente fez a conversão ao sistema métrico, dando o resultado de aproximadamente 2 metros. Tem muita areia dentro do cacimbão, resultado do buraco cavado pela água de um cano estourado, no fim do ano, quando uma cratera foi aberta adjacente à sua parede. Nosso pai monitoriza a situação com cuidado... o racionamento de água, na cidade vai se tornar mais severo, devido à seca, preocupando papai ainda mais...

quarta-feira, 30 de maio de 2012

´HISTÓRIAS DE ALDERI - O ANJO DA GUARDA...


Outra história que papai nos conta sobre seus tempos de estrada, é referente a um conhecido seu do Ceará, que, um dia, vinha descendo uma serra em Minas, quando o caminhão desgovernou-se e caiu num precipício. Ele foi jogado fora do carro e viu-se numa pedra, no meio de uma mata. Quando olhou para baixo, visualizou o seu caminhão, totalmente destruído, lhe causando pavor. Pensou que morrera, não era possível estar vivo. De repente, surpreendeu-se, notou que tinha uma outra pessoa lá com ele. 
- Morri? perguntou.
- Não, respondeu o outro.
- Como é isso, eu despenquei lá de cima, meu caminhão se acaba e eu não morri?
- Você está salvo, disse o outro.
- Não é possível, falou abismado.
- Lembra quando deu uma virada, na Bahia, na descida de uma serra, seu caminhão ficou em pedaços e você saiu ileso, sem nenhum arranhão? perguntou o outro. 
- Lembro, tive muita sorte, disse ele.
- E daquela vez que você ia para Petrolina, bateu, seu carro ficou acabado e nada lhe aconteceu? continuou o outro.
- Foi assim mesmo, mas me diga uma coisa: quem é você, que sabe de tudo isso e o que faz aqui agora?
- Sou seu anjo da guarda, eu lhe sigo por toda sua vida, sou eu quem lhe dá proteção e lhe livra de todos os males.
- Me segue e me livra dos males? Onde você estava no dia do meu casamento? 

terça-feira, 29 de maio de 2012

O CHEVETINHO...


Sem alarme...mas a saúde do Chevetinho foi abalada. Nosso Pai entrando no estacionamento, foi contra a madeira que suporta o telhado, do lado direito. Não foi "canguerice". O seu propósito era estacionar o mais próximo possível desse lado, para dar lugar à movimentação do pessoal do carro pipa, que supostamente ia trazer água para encher o cacimbão. Sabem como não pode ver um recipiente sem água, principalmente algo tão vazio, como um cacimbão. Bom, voltando ao atrito, a parte lateral da frente  (a metálica) amassou um pouco, mas, o carrinho já foi levado à oficina para o devido reparo e o genro Dedé, comprou as partes laterais de plástico, danificadas. Assim é nosso pai...rápido nos consertos... gastos anotados no caderninho... futura cobrança, com certeza... mas nosso patrimônio salvo...

segunda-feira, 28 de maio de 2012

HISTÓRIAS DE ALDERI - JOANA PRETA DAS CONTENDAS...


Papai nos conta, que estando em casa, um dia, chegou Pe, Sandoval, muito aflito, porque, seu motorista, conhecido como "Chiquinho do Padre" estava enfermo e não podia levá-lo até o povoado de Contendas, onde tinha que celebrar uma missa. Papai, que era compadre do Padre, com presteza tomou o lugar de Chiquinho e lá se foram para as Contendas, que era um povoado com a maioria da população, descendente de escravos, na atualidade, é um Quilombo. Em Contendas, a velha Joana Preta sempre recebia o Padre e sua comitiva, e em sua casa o almoço era servido. Pe. Sandoval tinha machucado o joelho e estava mancando e quando entrou na casa de Joana, ela notou e quis saber a razão. Disse: "Padre, vi que o Senhor está mancando." O Padre lhe contou que tinha machucado o joelho, estava inchado e parecia que nenhum remédio o aliviava. Foi então que ela disse: "Mas o Senhor não sabe que o melhor remédio é o sebo de carneiro, abaixo de Deus, capado?"... O Padre virou-se p'ra papai e perguntou: "e agora, compadre?"...entreolharam-se, sufocando risos ... 

O ANIVERSÁRIO DE DONA BERENICE...

Ontem, dia 27, Dona Berenice Rocha, mãe de Onivaldo e sogra de Marlene, comemorou seu aniversário. A celebração foi abrilhantada com a coroação de Nossa Senhora de Fátima, de quem é devota. A reza do terço foi encaminhada pelo neto Tiago, com acompanhamento de violão pelo neto Raoni. 
Estavam presentes, os filhos: Onivaldo, Onaldo, Joanildo, Oneide, Joanice, Joaneide e Joanaide, a irmã Clenia; netos, sobrinhos, genros, noras e o bisneto Gustavo, que fez a maior questão de parabenizar "Mãe Nininha". Desejamos a Dona Berenice muita saúde e muitos anos de vida para desfrutar ao lado de tão querida família.

domingo, 27 de maio de 2012

HAPPY BIRTHDAY DAVID...


Feliz Aniversário David. Wishing you a very happy day. Mais um neto comemorando seus anos e nossos votos são de muita felicidade, muitos anos de vida e de um futuro brilhante. Enjoy the celebrations, among your family and friends. Happy Birthday.

Parabens...

Already famous...

Com a mãe, Betania e primos...

Com os pais, Betania e Nader...

O bolo, com a família...

Enjoy the cake...

sábado, 26 de maio de 2012

HISTÓRIAS DE ALDERI - A SAÚDE DO IDOSO...


Contar história de idosos é um escolha favorita de papai e sempre aproveita p'ra soltar umas, quando tem pessoas de idade presente. Ela conta de um velho que se apaixonou por uma menina bem nova e sem conseguir conter-se declarou-se: " Minha filha, case comigo, eu estou apaixonado por voce, sei que sou bem mais idoso, mas eu sou rico e tenho muita saúde. Posso lhe dar uma vida de rainha." A jovem o ouviu comovida, mas lhe respondeu negativamente. Ele insistiu e queria saber o porque da recusa. "Diga-me, é por que sou muito feio?"... Ela: "não"...  Ele: "é por que sou velho?"... Ela: "não."... Exasperado perguntou: "Então, porque?"...Ela: "é pela sua saúde."

AVISO DE FALECIMENTO...


Faleceu, com mais de 90 anos, Sr. Eliézio Pontes, pai do genro Carlos, em Fortaleza. Nossa solidariedade, nesse momento tão difícil. Condolências da Família Rocha.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

HISTÓRIAS DE ALDERI - O BREJEIRO...


Papai nos conta de uma sêca muito grande na região brejeira, na década de 1940 e da incidência de muitos de lá, no sertão, em busca de trabalho, inclusive na Fazenda Mimoso, do seu avô, Augustinho. Ele nos relata, que uma tradição da sua família era ir cada quinzena à sua casa. E aí estando num fim de semana, na hora do almoço, sentaram-se à mesa, e com eles, também, um trabalhador brejeiro. Depois que comeram, o trabalhador dirigiu-se ao seu avô: "Seu Augustinho, posso lhe fazer uma pergunta?"... a resposta foi: "Pode". O brejeiro: "O senhor não vai ficar com raiva?"... Augustinho: "Fico não, pode perguntar."... Foi então que o brejeiro perguntou: "Por que é que o sertanejo quando caga, olha p'ra bosta?"... E a pronta resposta foi: "Com medo de cagar um brejeiro"... 

quinta-feira, 24 de maio de 2012

O GALO INVASOR...


Um galo está trespassando no muro das plantas (local das reuniões secretas da irmandade) e já causou problemas. Nosso pai, dias atrás, quando percebeu a presença do invasor, resolveu pegá-lo. Corre daqui e dali, o galo lhe deu uma rasteira resultando numa senhora queda. Sorte que o terreno é arenoso e o impacto foi amenizado, assim que ainda saiu ileso p'ra contar a história. Foi preocupação geral e Leleda resolveu lhe dar instruções básicas de como atrair a ave até o galinheiro, prendê-la e pintar as penas para fazer o reconhecimento por um suposto dono, impossível. Pode ser só sugestão, mas vi um arsenal de tintas no quarto dos artigos de limpeza... Será???...Com a teimosia dos trespassadores, creio que o galinheiro vai estar estocado até o fim do ano... galeto substituindo camarão???

quarta-feira, 23 de maio de 2012

CURRULEPES...


Quem não lembra, ou quem ainda lembra??? das currulepes, as mais rústicas, com o nó no solado...usadas e abusadas nos tempos de outrora, pelos caminhos do mato, baldes do açude e nas idas ao curral? Neguinho, filho de Seu Lourião  e Dona Almira, era, não só o sapateiro oficial da Boa União, como também um artesão que fazia selas e outros artefatos de couro. A casa preferida para visitarmos. Dona Almira fazia renda de birros e o que mais nos impressionava, em sua casa, era a cama com um couro esticado em vez do colchão. Foram moradores da Boa União, e parte das memórias da nossa infância, em cuja casa nos deliciávamos em comer feijão com rapadura, sentados no chão da cozinha, sob os cuidados de Dona Almira e as repreensões de mamãe.


terça-feira, 22 de maio de 2012

HISTÓRIAS... ALDERI E ANTONIO MEDEIROS...



Papai nos conta, que o falecido João de Bento fazia muito esforço para ver seu filho, João, estudando. Mas o pirralha não queria nada com os livros. João de Bento, ouviu falar de uma Escola em Mossoró, que era muito rígida, em regime de internato e foi lá que o matriculou. Ficou satisfeito, pensando, que dessa vez, o menino  ia aprender e valorizar o estudo. Mas, papai nos relata, que chegando em Mossoró, com Antonio Medeiros, numa das suas viagens, viu uma criança com um saco, em cima da carga de um caminhão, num Posto de Gasolina. Quando fixou o olhar, reconheceu João Filho. Chamou a atenção de Antonio Medeiros: "Antonio, aquele não é João Filho?"... "É, sim," respondeu Antonio. Então aproximaram-se do caminhão e João Filho lhes disse que tinha fugido do internato. Foi aí, que ouviu o sábio conselho de Antonio Medeiros. "João Filho, não queira estudar...não é futuro, meu filho...peça a seu pai p'ra comprar um caminhão e aí você sai andando por esse mundo afora, e como você ainda é pequeno, um motorista vai dirigindo. As estradas estão cheias de rapariga e você vai achar uma do seu tamanho"... 

segunda-feira, 21 de maio de 2012

A CAMINHADA DA MADRUGADA...


Ainda escuro quando começamos a caminhada da madrugada. Com 83 anos e cheio de energia. Papai é um felizardo. Vamos em direção à praça, onde encontramos já um fã clube, de garis e outros esportistas, à espera de uma piada, ou tiradinha. A bem comum é a que perguntam: "choveu p'ra cima, Seu Alderi?"e a resposta: "se choveu, então não molhou nada, pois foi p'ra cima"...falar em chuva só no figurativo, pois estamos na maior secura. Entre risos e saudações damos voltas à praça, até que chega a hora do retorno para as atividades do dia. O espetáculo do amanhecer, aqui em Brejo do Cruz, é algo maravilhoso... o céu límpido clareando, a silhueta da serra contra um azul... sem descrição. Um privilégio presenciar...e a cidade acorda para mais um dia...

domingo, 20 de maio de 2012

O CRISMA DE MARIA ISABEL...


Importante dia para a neta Maria Isabel, que é crismada hoje é em João Pessoa, tendo como madrinha a tia Neuma, que desde sexta  viajou de Natal para a ocasião.


"Segundo a doutrina da Igreja Católica a Crisma ou a Confirmação é um sacramento da igreja Católica em que o fiel recebe através da ação do bispo uma unção com o Crisma (óleo). Trata-se de um rito em que o ministro impõe as mãos sobre os confirmandos, invocando o Espírito Santo, e os unge com óleo. Consiste na confirmação do Batismo pelo Espírito Santo, na qual o fiel crismando é enviado ao mundo para testemunhar o Evangelho de Jesus Cristo em atos e palavras." (Descrição da Wikipédia)

 Com familiares e amigos...

Maria Isabel com a mãe, Leleda.

Parabens querida...

sábado, 19 de maio de 2012

O AMPARO DA REDE...


Herança dos nossos ancestrais indígenas, a rede tornou-se para nós nordestinos não só um amparo como uma aliada no suporte do calor. Só a dormida no embalo de uma rede torna possível amenizar a quentura das nossas noites. Tornou-se um ícone da nossa cultura e as memórias que carregamos de infância estão intrinsecamente ligadas ao seu balanço e ao lazer que proporcionava.
Foi em 27 de Abril de 1500 que Pero Vaz de Caminha, navegante Português, escrivão da frota de Pedro Alvares Cabral, que sem procurar saber o nome já usado pelos indígenas, chamou esse tipo de leito usado por eles, de rede de dormir, pela semelhança com a rede de pescar. Os indígenas a chamavam de ini e às mulheres cabia a tarefa de sua fabricação. Eram bem resistentes, de fiação simples e malhas grandes. Meio século depois a rede já era usada pelos jesuítas e colonos agricultores. A técnica de tecer foi aperfeiçoada pelas mulheres Portuguesas e seu uso se expandiu pelas vilas, engenhos de açúcar até o presente.


sexta-feira, 18 de maio de 2012

NOVENAS DE MAIO EM BREJO DO CRUZ...


As comemorações do Mês de Maio, na Paróquia de Nossa Senhora dos Milagres, da nossa cidade, atrai muitos devotos para as novenas, uma tradição que faz parte da história local. Cada noite é dedicada a um setor, seja do comércio, escolas, ruas, envolvendo toda a população. O dinheiro arrecado será usado na reconstrução do altar mor, para assemelhar-se ao antigo, mais de acordo com a arquitetura da Igreja. Padre Francisco tem zelado pela manutenção e melhoramentos desse Patrimônio, com muita responsabilidade e dedicação e a ele, somos todos gratos.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

ENCONTRO DE JOVENS COM CRISTO..


A querida neta de Onivaldo e Marlene, Bia Mendes, (membro desse blog), participa do Encontro de Jovens com Cristo, neste próximo fim de semana, organizado pela Igreja Sta. Julia, de João Pessoa. O E.J.C. é um movimento que surgiu em 1970 em São Paulo e agora é espalhado por várias Dioceses no país, tornando-se  um dos principais movimentos jovens da Igreja Católica no Brasil. Estamos orgulhosos com a participação de Bia, nesse retiro espiritual, cuja missão é catequizar e espalhar a palavra divina.
Nosso abraço carinhoso a todos os jovens desse encontro e que o Divino Mestre Jesus continue derramando bençãos infinitas sobre todos. E a Bia, nossos parabéns e a mensagem de afeto da Família Rocha.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

HISTÓRIAS DE ALDERI - A PEDRA DA SERRA...


Essa história papai nos conta, sobre um seu amigo caminhoneiro, de Mossoró, que passando pela cidade, parou na nossa casa, para uma visita. Não se viam há muito tempo, assim que saiu muita conversa sobre amigos e ocorridos, saboreando um cafezinho, numa tentativa de atualizar as notícias e preencher o tempo passado.


Foi então, que, sentado nessa área, ele olhou para a serra e viu lá em cima, uma pedra grande que parece se debruçar sobre ela, dando a ilusão de estar metade suspensa. Ficou admirado e perguntou à papai: "Aquela pedra nunca caiu?"... E a resposta foi: "Caiu uma vez, mas nós, aqui da cidade, nos juntamos, tomamos uma cachaça, pegamos a pedra e a levamos lá p'ra cima"... O seu amigo reconheceu,  envergonhado, a besteira da sua pergunta... mas essa história circula pela cidade, com muita risada...

terça-feira, 15 de maio de 2012

ALDERI E ANTONIO MEDEIROS...


Papai perguntou à Antonio Medeiros se ele ainda votava, já sabia que Antonio sempre esteve muito envolvido em política. Antonio lhe respondeu que não; havia se desiludido com o processo eleitoral, pois "político é como fumeiro, mede grande e corta curto."
Essa dupla sempre foi imbatível nas tiradas de humor e espirituosidade, daí a atração que exercem entre os que os conhecem e principalmente entre os caminhoneiros.

Antonio Medeiros certa noite acordou com sua mulher dizendo: "Antonio, tá me dando uma coisa..." Ele respondeu: "receba..." Ela disse: "Antonio, é uma coisa ruim..." Ele: "devolva..."

Nesse último programa da Rádio Panorama FM, lhe perguntaram: "O Senhor bebe café?" Sua resposta: "se me derem..."

segunda-feira, 14 de maio de 2012

MISTÉRIOS DO PÉ DA SERRA...


Recebemos a visita, de uma curiosa jovem senhora, moradora de Caicó, com essa história bem enigmática. Veio para decifrar um sonho. Semanas atrás, sonhou estando aqui, em frente da nossa casa, com um senhor, que mal conhecia, dizendo-lhe que era Alderi, de Brejo do Cruz, e lhe entregava uma caixa, supostamente uma botija. Pensava ela, que papai tinha morrido. De acordo com nossas lendas e mitos, quando alguém morre e deixa jóias ou dinheiro enterrados, (acontecia no tempo dos cangaceiros) volta em sonhos e diz a determinada pessoa, onde encontrar o tesouro. Mas nesse caso, com papai "vivinho da silva", como interpretar esse sonho? Bom, sabendo como nosso pai é impaciente, se realmente esconde algo enterrado, não vai poder esperar até sua morte, para doar... De outro lado, sabemos que é um gastador...e nunca se ouviu falar que juntasse dinheiro para dar a alguém...Que opinam????... Ficou a decepção da sonhadora...

domingo, 13 de maio de 2012

FELIZ DIA DAS MÃES...


Para todas as mães que participam desse blog, uma homenagem especial. Às mães da família Rocha, o desejo de um dia feliz, no aconchego das crias e a lembrança saudosa da nossa querida mãe.


MATER


Ei-la!...- senhora e serva, entre humana e divina,
Por mais a dor, por dentro, a espanque ou despedace,
Carreia a paz no gesto e o sorriso na face,
Fala e desvenda o rumo, abençoa e ilumina.

Anjo renovador, tem no lar a oficina,
Onde o serviço exclui todo prazer mendace,
Ao seu toque de luz, a esperança renasce,
Suporta, recompõe, trabalha, sofre, ensina.

Mãe, um dia, quis Deus mostrar-se à vida humana,
Fez-te santa e mulher, escrava e soberana,
Vinculada nos Céus, de homenagens prescindes!...

Deus se revela em ti, no amor alto e perfeito,
Por isso, trazes, Mãe, nos recessos do peito,
A ternura sem par e a bondade sem lindes.



pelo Espírito Carlos Bittencourt - Do livro: Mãe, Médium: Francisco Cândido Xavier.





PARABÉNS STANLEY...


Quem celebra o aniversário hoje, com a família, é o querido neto Stanley. Felicidades nessa comemoração de sua vida, que Deus lhe dê tudo que desejar, para o seu futuro e que esse dia seja repleto de alegrias, emoções, paz e amor. Feliz Aniversário Stanley.

Olhe a popularidade...

Com a esposa Neta...

Com o filho Pietro...

Com o pai e irmão Diego...




sábado, 12 de maio de 2012

MAIS HISTÓRIAS DE ALDERI...


Papai nos conta a história de um companheiro de viagem, no início da suas andanças em São Paulo. Estourava nas paradas musicais o sucesso de Luiz Gonzaga, "Juazeiro", no começo da década de 1950 e esse amigo, chegando à capital Paulista, entrou numa loja para comprar o disco. Antes da compra, pediu para ouvir, vez após vez, chegando a irritar o dono da loja. "O senhor já deve ter decorado a letra dessa música"... disse o enjoado lojista depois de mais um pedido para que botasse o disco na vitrola... foi então que o amigo respondeu: "já decorei aquele pezinho de diz: ai cajueiro"...


Juazeiro, juazeiro,
Me responda por favor,
Juazeiro, velho amigo
Onde anda o meu amor,
Ai, juazeiro, ela nunca mais voltou,
Diz, Juazeiro, Onde anda o meu amor,
Juazeiro, não te lembras ,
Quando o nosso amor nasceu,
Toda tarde a tua sombra,
Conversava, ela e eu,
Ai, Juazeiro, como dói a minha dor,
Diz, juazeiro, onde anda o meu amor,
Juazeiro, seja franco,
Ela tem um novo amor,
Se não tem, porque tu choras,
Solidário à minha dor,
Ai, Juazeiro, não me deixe assim roer,
Ai, juazeiro, tô cansado de sofrer,
Juazeiro, meu destino,
Tá ligado junto ao teu,
No teu tronco, tem dois nome,
Ela mesma que escreveu,
Ai, juazeiro, eu não agüento mais roer,
Ai, juazeiro, eu prefiro até morrer,
Ai, juazeiro!

sexta-feira, 11 de maio de 2012

HISTÓRIAS DE ALDERI...


No programa da Radio Panorama FM, de Catolé do Rocha, onde Antonio Medeiros e papai foram homenageados e intrevistados por Humberto Vidal, várias histórias sobre ocorridos nas estradas, foram lembradas e papai contou da vez que o pneu do seu caminhão furou e ele foi obrigado a trocá-lo, num povoado à beira da estrada. Disse ele, que um menino chegou para lhe observar e para cada ferramenta que pegava, o menino dizia: "meu pai tem dois desses". Ele pegou o macaco e o menino foi logo dizendo: " meu pai tem dois macacos"; ele pegou a chave de roda e o menino: " meu pai tem duas dessas". Enquanto trocava o pneu, papai fez uma pausa para mijar, sendo ainda observado. Então ele perguntou ao menino: "seu pai tem duas dessas?"... o menino prontamente respondeu: "não, mas a dele dá duas da sua"... 

quinta-feira, 10 de maio de 2012

ALDERI E SUA FAMÍLIA EM 1937...

Nossos avós paternos Vovô Terto ( Tertuliano) e Vovó Lia ( Maria), entre eles papai com 9 anos, sua irmã Aldiva (Didi) e seu irmão Alcides à esquerda.

Aldiva com 5 anos...

quarta-feira, 9 de maio de 2012

FELIZ ANIVERSÁRIO RODRIGO...


Parabens Rodrigo. Mais um neto que aniversaria hoje. Nossos desejos de um dia grandiosamente feliz, com alegria, felicidade, no aconchego da família. Votos de sucesso, realizações pessoais, profissionais e que essa data se repita por muitos e muitos anos, acompanhada de boas surpresas, saúde e amor.

Já é famoso...

Com a esposa Andreia...

Com os manos Rossana e Robson...

Com a mamãe Marluce...

O bolo...



LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...