sábado, 23 de junho de 2012

RELEMBRANDO O SÃO JOÃO NO PÉ DA SERRA DE BREJO DO CRUZ...


Quem não lembra da magia do São João, quando uma fogueira brilhava na noite e a meninada se ocupava com madrinhas e padrinhos, à sua volta? E as adivinhações? As mocinhas cheias de mistérios com alianças penduradas em cabelos, num copo?... querendo saber, pelas batidas da aliança no copo, quantos anos para o casório... e as facas virgens enfiadas nas bananeiras à meia noite, para ter as iniciais do futuro Romeu nelas gravadas? Lembro que numa dessas noites, quase botamos a bananeira do quintal abaixo, com tantas facadas... e as superstições desse dia? Caso não visse sua reflexão espelhada na água, não viveria até o próximo São João... e os dois carvões no prato d'água?... representando o par amoroso... caso não se juntassem, o namoro estaria com dias contados... Momentos de suspense... as crendices populares... Tudo isso sem contar com as comidas deliciosas de milho verde, que também era assado na brasa, comido em volta da fogueira... Hoje, para resgatar os costumes, cozinhamos canjica, e, para informação geral...as boêmias da irmandade, encontram-se em Campina Grande, ao som do forró... 

Um comentário:

  1. Gente o São João em campina Grande cada ano fica melhor, e o nosso então nem se fala, lá em Valder Junior foi um sucesso!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...