terça-feira, 10 de julho de 2012

O RONCO QUE PERTURBOU...


Na assistência ao nosso pai, quando adoeceu, a mulher d'aqui, quis manter vigília, no seu quarto, porem, depois de uma só noite, foi  diplomaticamente dispensada. O caso tem suas peculiaridades, mas o patriarca teve a paz do seu sono ameaçada pelas sonoridade dos roncos da mulher. Ela ficou chocada, com a descoberta desse "hábito", até então secreto. Agora, uma invisível barreira a distancia do dormitório do pai, para que o silêncio reine nas noites da casa. 

6 comentários:

  1. Eu que o diga, pois estava no quarto no momento em que a mulher daqui tirava um cochilo...quando de repente escutei um enorme tremor, quase que me assustei...era a mesma com o seu belo sussurrar da tarde kkkkkkk (Lucinha)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Magoou.......era só um cochilinho leve ( a acusada)

      Excluir
  2. Querida melhor ouvir um ronco do que uma rajada de peidos kkkkk.

    ResponderExcluir
  3. Afinal, e quem é a peidona nessa história? kkkkkk roncadeiras tem muitas (Lucinha)

    ResponderExcluir
  4. As más linguas dizem que eu ronco, mas não posso afirmar, pois nunca escutei meu ronco. kkkkkk

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...