quarta-feira, 29 de agosto de 2012

ISMAR SONHA COM O PÉ DA SERRA...


O que será que provoca essa vontade de retornar às raízes, depois de tanto tempo morando fora? Conjeturo que seria como voltar ao tempo, numa cidade acolhedora, com tantas recordações, onde o amparo, os cuidados e o aconchego familiar, eram fontes de segurança e despreocupações. O nosso irmão Ismar, almeja essa reviravolta, com muitos planos para o futuro, aqui no pé da serra e eles também incluem a ajuda de outros manos, em seus empreendimentos. Projeta construir um alambique no muro das plantas, onde plantaria e processaria, a cana, com a ajuda de Neuma e Marilza, confirmadas conhecedoras do produto, a ser rotulado como um artigo artesanal e o selo de qualidade seria dado por elas, depois de testar o cobiçado líquido.


O teste já começou e parece que elas guardam um barril cheio... onde está a caçulinha??? Adivinharam o planejamento de Ismar, que pensa capitalizar nos seus conhecimentos. Gente, mais saudável é plantar batatas...


Bom, parece que tem mais gente interessada no processo. Neuma de costas prepara o camarão. Aliás, o plano de Ismar inclui transformar o cacimbão num viveiro de camarão, a ser cuidado por Dedé, sob orientação técnica dos especialistas da família. Assim o tira gosto sai lado a lado com a bebida.


Não avalia ele, da dificuldade de chegar ao nosso muro para fins comerciais. Sua ideia não é a única entre os irmãos. Não sabe ele, da seriedade que damos ao lugar das nossas reuniões secretas. O local é sagrado e só para participar das reuniões, tem todo um ritual, senhas sussurradas...um melindre... Convidados são selecionados a dedo... e o sigilo mantido por exigências da cúpula da irmandade. A mangueira, testemunha silenciosa...proporcionando a sombra acolhedora, o fruto que delicia e um visual sem preço...

3 comentários:

  1. Bom gente! depois dessa é melhor eu começar a arrumar as malas e ir cuidar dos nossos interesses lá no pé da serra. Sem dúvida o nosso irmão Ismar teve uma EXCELENTE idéia até pq a cachaça será só para nosso consumo. kkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Eu me candidato a cuidar das finanças desse projeto. Aceito ate a ajuda de Marilza. Acho que nós 02 vamos longe, não sei se nas finanças, mas com certeza na degustação, pois nosso curriculum é bastante rico nessa área. kkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. o medo que tenho com todos esses projetos, é ter uma recaída !!!pois, todos sabem dos meus planos de morar no pé da serra...a princípio pensei em sussego,mas, com a irmandade nesse propósito empreendedor,fica difícil não pensar em "meio de vida"...afinal, não é só marilza, neuma ,lucinha,lolina,marluce e leleda que são "COSTA"...lolina tem lembranças duma cachacinha adoçada com açucar, dada as crianças, por tia belinha...a leitura que faço é que todos desejam voltar as raízes...bem vindos ao Pé da Serra, queridos!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...