domingo, 31 de março de 2013

NEUMA VOLTA A LIDERAR A FEIRA DO SÁBADO...


Logo na sexta feira, papai já começou a preocupar-se quem bancaria a feira do sábado. O neto, Itamarzinho, inspirado na façanha da prima Luna, ficou animado, mas o valor a ser gasto ficou pesado para seu bolso. Desistiu. Assim, que Neuma foi forçosamente recolocada na sua antiga posição de patrocinadora e teve o apoio moral (carregando as sacolas) da mana Marluce.


Todas as etapas foram seguidas, começando com a melancia, verduras para salada e a lista era longa. A concentração das irmãs na escolha da alface, tomate e demais vegetais, era intensa.

Papai, relaxado, observava a movimentação das filhas e a saída das notinhas da bolsa de Neuma...

Neuma estava decidida a alimentar a irmandade faminta... e um suquinho de laranja é o ideal para curar ressacas...

Macaxeira ou melão?...

Abacaxi, sim...

Mais uma viagem ao chevetinho para guardar as compras... O dia raiou e a última etapa das compras é a parada na padaria...

Papai curtindo essa movimentação e aquisição de comestíveis para estocar a despensa...

SUSPEITA DE VANDALISMO EM BREJO DO CRUZ...


O pé da serra foi perturbado nessa última noite, com o barulho de explosões, oriundo da usina, que é usada como estacionamento noturno, para os carros da Prefeitura. Duas caçambas e um ônibus foram incendiados. A Prefeita, Ana, que reside em frente, compareceu ao local e acionou o corpo de bombeiros. A perícia será feita para apurar as causas desses incêndios. A cidade está perplexa e não se fala noutra coisa.

sábado, 30 de março de 2013

A CULINÁRIA DA SEMANA SANTA, NO PÉ DA SERRA...


O peixe dominou nossa mesa, nessa semana santa. Este, foi trazido por Stanley, que veio de Mossoró, de moto. Grande mesmo e deu um trabalho no preparo. O camarão ainda continua sendo o prato e tira gosto favorito, pois todos nós, desse sertão tão seco, desenvolvemos o gosto pelas prendas do mar. Faz-nos lembrar a história que o mano Itamar conta, quando encontra seus amigos cearenses. Carlos, nosso cunhado de Fortaleza, uma vez, numa festa de barracas, aqui em Brejo do Cruz, pediu ao garçon, frutos do mar. Este, ignorando o que poderia ser um fruto do mar, dirigiu-se a Itamar e pediu socorro. O nosso mano esclareceu que para o cunhado cearense, frutos do mar eram calangos fritos com pedrinhas redondas e ainda lhe deu a receita de como fazer o preparo dessa iguaria. O garçon, arregalou os olhos surpreso: "E eles comem isso mesmo?"


Passamos bastante tempo na cozinha, ajudando no preparo das refeições. Todas participam. Ainda é um território feminino, pois o número de mulheres na família sobrepassa o dos homens e gostamos desse aconchego, das histórias contadas, das experiências compartilhadas, nesses momentos tão descontraídos.


Às mais novas passamos nossas recomendações e histórias da família e todas participam com humor e contribuições na área da culinária, especialmente sobremesas, bolos etc...

Um bolo para o café da tarde...

Reunião de cúpula, para decidirem sobre o almoço do Sábado...

Nem só de pão vive o homem... ou desculpa para escapar os mandados???

sexta-feira, 29 de março de 2013

A VISITA DOS PRIMOS...


Hoje cedo recebemos a visita de Didi e Geraldinho, irmãos de Etinha, vindos de São Bento. Didi, que reside no Rio de Janeiro, está na terrinha, visitando a família. Foi uma surpresa agradável. Papai aproveitou dessa audiência para contar suas piadas e entre histórias, atualizamos as notícias de todos seus familiares. 


FAMÍLIA ROCHA CONFRATERNIZA NA SEMANA SANTA...


Essa turma, quando se junta, não perde a oportunidade para descontrair, degustando camarões, regados com os vermelhos ou cerveja, atualizando as notícias e ocorridos. Salve-se quem não está presente, pois as línguas são afiadas.


A hierarquia estabelecida pelos mais sábios (idosos) e tudo corre frouxo, até o humor, característico da nossa família.  Foi a inauguração do terracinho da mangueira, antigo galinheiro, que se tornou "o local"...

Usado dia e noite, o terracinho, que ainda necessita algum reparo, acolhe a irmandade e amigos...

Convidado de última hora... esqueceu a senha e tenta desesperadamente acionar a abertura do portão. Por telefone recebe as secretas instruções. Essa entrada está mais e mais seletiva... Mas sendo o conselheiro astral era esperado pelos seguidores...

SEMANA SANTA EM BREJO DO CRUZ...


A tradicional subida da serra, na sexta feira santa, traz centenas de pessoas, não só daqui, como das cidades vizinhas e o beco da discórdia fica movimentado, desde a quinta feira, quando os primeiros aventureiros iniciam a peregrinação. O pé da serra, tão tranquilo, enche-se de som com os gritos e vozerões dos que sobem, numa tentativa de registrar suas façanhas na memória dos moradores locais.


Enquanto a comoção dominava o beco, na intimidade da nossa morada, o camarão era limpo pelas mãos habilidosas dos presentes. O humor prevalecia. 


quinta-feira, 28 de março de 2013

ITAMAR FAZ A DECISIVA INSPEÇÃO NA OBRA DA SUA CASINHA...


Depois de passar por duas inspeções, a caçulinha vinha preparando-se psicologicamente para a decisiva e última, feita por ele mesmo, o proprietário do imóvel, o sério irmão mais velho, que herdou do nosso pai a impaciência e a necessidade da ordem em tudo que faz.


A mulher de Dedé, debulhou verbalidades sem cessar, enquanto o mano maior a ouvia cabisbaixo. Momentos de tensão, como antes, mas com um diferencial: estava na presença da suprema autoridade financeira e tinha que mostrar resultados concretos do uso do seu numerário no andamento da obra.


Vieram as perguntas, mais como uma diretriz para o seu filho aprendiz, Itamarzinho, e o irmão mais velho dominou a cena. A caçula teve que calar-se e concentrar-se nas respostas. Nenhum detalhe passou despercebido.


A última etapa. A chegada na porta do quintal. A calma reinava e via-se que Itamar estava concordando com argumentos expostos. Já disse que a irmã menor tem o dom da palavra.

Término da inspeção e pelo visto o dono do imóvel ficou satisfeito...

quarta-feira, 27 de março de 2013

OS NOVOS RESIDENTES DE BREJO DO CRUZ...


A risonha filha Marlene, a que sabe tudo de todos, com seu querido esposo, Onivaldo, mudaram-se para cá, sexta feira última. Cansaram-se da vida corrida na capital e para ela é, também, a volta às origens e ao aconchego familiar. Nossas boas vindas ao casal e votos de uma vida cheia de contentamento e realizações.

terça-feira, 26 de março de 2013

VELÓRIO NO BECO DA DISCÓRDIA...


O beco encheu-se de tristeza com o falecimento de Chiquinho Roque, filho do Sr. Benedito e Liosa Roque. Amigos e familiares passaram a noite em vigília e hoje de manhã, depois da cerimônia na Igreja Evangélica, foi sepultado no Cemitério Municipal. Nossas condolências para a família. Chiquinho cresceu entre nós e era afilhado de vela dos nossos pais.

sábado, 23 de março de 2013

VIAGEM DE INTERCÂMBIO PARA MARIA ISABEL...


A querida neta Maria Isabel viaja hoje com destino a Londres, para um período de intercâmbio cultural. Vai polir seu Inglês, vivenciar costumes alheios aos nossos e aprender lições valiosas sobre a vida e o ser humano. Nós todos lhe desejamos uma viagem maravilhosa, que abra seus horizontes e contribua para seu crescimento. Ficaremos saudosos.

FELIZ ANIVERSÁRIO ANDRÉ LUIS...



O querido neto André Luis, celebra mais um aninho de vida, junto da sua família. Nós lhe desejamos muita felicidade, alegria, amor, sucesso e muitos anos de vida. Que todos os seus sonhos se realizem. Parabéns André Luis.

Ao bolo...

quinta-feira, 21 de março de 2013

O CHEVETINHO...


Pensamentos sombrios passam pela cabeça de papai, quando seu bolo de dinheiro afina e definha. A liga que segura as notas vai ficando solta e a primeira ideia que expressa é o desejo de vender o Chevetinho. Fala isso pelos quatros cantos. Uma vez até acrescentou que seria melhor ter uma bicicleta. Mas não fiquem alarmados, é só o reflexo de uma crise financeira. A crise do dia 20 de cada mês.

quarta-feira, 20 de março de 2013

O CUPIM NA GARAGEM...



O temido faminto cupim reduziu toda madeira da garagem a zero. Nada ficou ileso, até a tesoura, o sustentáculo das linhas, que de início pensávamos ia servir, estava degustada. Preparem-se para a cota do cupim, já anunciada um ano atrás.


Telhas serão reaproveitadas. Todos caibros, ripas e linhas foram removidas. O teto estava prestes a ruir. Em anexo é o quarto de papai e por sorte não tem nenhum estrago. Um alívio grande.

terça-feira, 19 de março de 2013

OUTRO BURACO NO MURO DAS PLANTAS...


Não tão grande em diâmetro com da vez passada, mas esse saiu como uma espiral, cavando um túnel profundo, levando toda terra e água para dentro do cacimbão. Ainda não sabemos a solução desse problema, mas uma coisa é certa, o perigo de um desabamento é iminente. Papai está preocupado.


Do lado direito, lá embaixo, vê-se a entrada, da terra minada. Segundo Dedé, essa parede pode estar tão corroída que seu colapso não seria surpresa. Vai ser um tópico de debate, na Semana Santa, quando o mano, dono do latifúndio estará presente, para decidirmos o futuro do nosso folclórico cacimbão. Muitas são as histórias e lendas sobre esse poço, que nos saciou desde a meninice. "A que sabe", relembra de uma seca, quando brincou com casinha de boneca, no fundo dele. E cada um de nós tem sua particular recordação.

DIA DE SÃO JOSÉ, EM BREJO DO CRUZ...


São José veio em nossa ajuda. Uma chuva de 85 mm. Acordamos com os homenageadores fogos de artifícios. O ressoar na serra era de puro júbilo e esperança. A felicidade estampou-se na face de cada pessoa que se encontrava. Papai está radiante e prevê um futuro de abundância, para o gado, tão faminto. Notícias da redondeza são também positivas. A bênção do céu desceu para nossa terrinha, nesse dia tão especial e damos graças ao nosso bom Pai.

domingo, 17 de março de 2013

HISTÓRIAS DE ALDERI - VIDA DE APOSENTADO...


Papai nos conta do encontro com um amigo que não via há muito tempo, logo depois de aposentar-se. Ficou surpreso quando este lhe perguntou: "Como é, Alderi, já mudou o nome?" Sem entender o porquê da referência, quis saber sobre o que falava. Com prazer, seu amigo lhe explicou. "Alderi, quando me aposentei, dei-me conta que meu nome não era pronunciado em casa. Tudo começava com: JÁ QUE... Já que você está sem fazer nada, faça isso... Já que você está em pé, faça isso... Já que você vai ao centro, compre isso... Vi meu nome ser substituído por Jaque." 

sábado, 16 de março de 2013

FELIZ ANIVERSÁRIO CARLOS...


O querido genro Carlos, completa, hoje, mais um aninho de vida. Comemora seu aniversário em Barcelona, com familiares e amigos. Desejamos que essa data seja repleta de felicidades, alegria e amor. Nossos votos de muita realizações, saúde, paz e sucesso. Parabéns, Carlos.


ANIVERSÁRIO DE NINA...


A querida amiga, Nina, comemorou seu aniversário no dia 10 passado. Com um pouco de atraso, lhe parabenizamos e desejamos tudo de maravilhoso nessa data. Felicidades, saúde, paz, amor e realizações, no seio da família.

Um merecido bolo...

sexta-feira, 15 de março de 2013

FELIZ ANIVERSÁRIO MARLUCE...


A querida filha Marluce, completa mais um aninho de vida, fazendo sua entrada trinfante no exclusivo Clube dos Sessentões, da irmandade Rocha. Desvendará, aos poucos. os mistérios dessa Associação e os benefícios da sua participação. Coragem querida. A caminhada ainda é sem tropeços. Aqui expressamos nossos votos de boas vindas (os membros), felicidade, saúde e amor. A aniversariante celebrará essa importante data, com os filhos, em São Paulo. Parabéns querida...

Ao bolo...


PARABÉNS GISMAR...


O querido neto Gismar comemora hoje seu aniversário, com a família em Catolé do Rocha. Nossos votos de um dia com alegria, boas surpresas (presentes) e que essa data se repita por muitos e muitos anos, cheia de felicidade e amor. Que todos os seus sonhos se realizem. Feliz Aniversário, Gismar.

Ao bolo...

domingo, 10 de março de 2013

A TESOUREIRA DA EMPREITEIRA ROCHA INSPECIONA REFORMA NA CASINHA...


Uma prova de fogo para a mulher de Dedé. A tesoureira, em pessoa, quis fazer o seu levantamento crítico e científico do progresso da obra, no patrimônio do seu temido chefe, botando os pontos nos "is" de todo real gasto nessa empreiteira. Papai, profundo conhecedor da vida financeira da filharada, já diz que o "dinheiro dela, é como pé de cobra, quem vê cega", definindo a seriedade e rigor que tem com gastos.


A caçulinha desdobrou-se em apontar falhas e necessidades de melhoramento, enquanto que a poderosa tesoureira da Empreiteira Rocha a ouvia em silêncio. Pairava no ar um clima de incerteza, mas a menor da família tem o dom da palavra ( herdou de papai) e não se deteve com reticências ou inseguranças.


Para completar a cena, fez-se presente a "que sabe tudo de todos", conhecida por opinar sobre todas situações, citando antecedentes e fatos vividos, por ela ou quem quer que seja. A casinha encheu-se de ideias, favoráveis e críticas. A caçula não contava com essa interferência. Mas quando o assunto é reparo, as mulheres da família viram pedreiras, engenheiras, arquitetas, enriquecendo os pesadelos de quem se responsabiliza pela obra.

O descamisado mais protuberante da família também contribuiu com suas observações e críticas...

Alívio total. Os fundos serão liberados. A mulher de Dedé comemorou o sucesso, num abraço amigo...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...