sábado, 27 de abril de 2013

À FEIRA DO SÁBADO, EM ESTILO...


A feira prometeu hoje. No banco de passageiro, deixando o chevetinho ainda dormindo, papai  rumou para as compras, com o bolinho de dinheiro (fim de mês, é reduzido a bolinho), bem quietinho no bolso. Leleda na direção, seguida pelas outras filhas, incluindo Neuma, a fiel patrocinadora, sempre que presente nessa animada madrugada.


O ritual a ser seguido é respeitado religiosamente. Nosso pai é organizado e seus ensinamentos respeitados e assimilados com rapidez. A rotina torna-se dogma e ninguém ousaria introduzir qualquer mudança.


A parada das folhas verdes, repete-se com precisão. Coentros, alface, pimentão e outros são adicionados e guardados nas sacolas e dessa vez, Neuminha  arcou com a conta.


Os conterrâneos de Riacho dos Cavalos já esperam o fiel freguês e Leleda, com sua blusa fosforescente, talvez para não perder-se, teve que, não só carregar os pacotes de feijão verde, como enfiar a mão no bolso...

Neuma já impaciente, com o dinheiro na mão... Marluce e eu, ficamos na retaguarda, não queríamos ofuscar o prestígio das manas poderosas, mas ajudando com as sacolas...

O dia já raiando e a parada obrigatória da padaria...

Papai na padaria...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...