quinta-feira, 23 de maio de 2013

A MORTE DO GATO DO RABO TORTO...


Conhecido como Rabinho
De rabo torto e valente 
Resolveu fazer seu ninho
No pé de uma serra quente

Atraído pela comida
Que Seu Alderi espalhava
Aproveitou dessa acolhida
E por satisfeito miava

Muito sabido e vocal
A todos dava uma resposta
Argumentava o boçal
Com um "não" de quem não gosta

Brigão e destemido
Disseminava o terror
Com a fama de ter sido
Das brigas o vencedor

Porem ontem, na noitada
O perigo lhe rondou
E uma isca envenenada 
A sua vida findou

Tendo sido "o garanhão"
Deixou muitos descendentes
Sua fama subiu do chão
No miau de seus parentes

Na casa de Seu Alderi
O dia foi de luto
O enterro deu para ferir
Na saudade do astuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...