quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

A DESPEDIDA DE ISMAR...


Foi a última noite, antes da partida de Ismar e Dinha. Pensem num frevo. Na mesa da cozinha, café e cerveja se uniram para manter os ânimos em alta velocidade. Ismar, um descamisado em casa, dominou a noitada. Fez imitações de alguns da irmandade, definiu posições na agilidade e firmeza de decisões, quando se referia a boemia, enfim, revolucionou. Mas nem só de bebidas vive o homem...


O assunto firmou-se desde antes, nos tira gostos. Algo que não posso revelar. Achadas no freezer, aliás uma doação de um primo de São Bento, foram limpas por Dinha, que a partir desse momento, tomou conta do tempero e preparo...

Boa essa...

Querendo ficar no anonimato para não comprometer-se... Olhem a pista das unhas escarlates...

Deu duro para alimentar o marido, cunhadas e concunhado...

O segundo prato, o falado camarão.. exigência de Ismar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...