domingo, 20 de abril de 2014

A REUNIÃO DA SEMANA SANTA...


Oito dos treze irmãos juntaram-se na casa paterna, nesta Semana Santa, juntamente com as extensões de nora, genros, netos e bisnetos. Os ausentes sempre lembrados nas suas histórias de convivência do passado, memórias mantidas vivas, pelos relatos da "que sabe tudo de todos". Saiu uma história dos purgantes de batata de purga. Mamãe, sem o nosso conhecimento tinha preparado uma dose desse vermifugo caseiro, mas a notícia vazou, deixando toda a meninada preocupada, com a fantasia da visão dos vermes saindo pelo nariz, ouvidos etc.. Marlene, sentindo uma coceirinha no nariz, pediu a Marluce para ver o que era. A Nega, sempre terrorista, depois de examinar, disse que estava vendo um rabinho saindo do sua narina. Foi o suficiente para provocar um pânico sem antecedentes, saindo Marlene correndo atrás de mamãe no Grupo Escolar, onde lecionava. Só acalmou-se depois que ela, preocupada com sua ansiedade, assegurou que nada via.


Pelo visto e já falado, as mulheres marcaram presença em todas as reuniões sem fim...A casa da caçulinha virou praça com os atrativos dos aconchegos das redes, colchões num ambiente aclimatizado e disputado.

Excluído do quarto, Dedé, sem perder o humor, consolou-se com a televisão...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...