sábado, 5 de abril de 2014

UMA FEIRA DIFERENCIADA...


A feira do sábado, para papai, no conforto da luz do dia. O sacolão bem pertinho de casa, sem nenhuma armadilha de cordas pelo chão, no escuro da madrugada. Depois do café, com seu entusiasmo de consumidor, rumamos às compras. Ele mesmo escolhe frutas de sua preferência, enquanto que eu percorro as fileiras.

Tudo passa pela balança...


A hora que papai adora: a do pagamento. Puxa o bolo do bolso, bem demoradinho, vai passando as notinhas até chegar na nota máxima e com prazer, espera o troco. Claro que espera um troco com muitas notas miúdas, para engrossar seu bolo, lhe proporcionando uma sensação de segurança, de plenitude e de continuidade.


Com o chevetinho estacionado bem na frente do sacolão, contou com a ajuda da filha Marlene para carregar as bolsas até o porta malas e depois seguimos para a feira livre...


Durante o percurso acena e buzina para quem encontra, tanto motorizado como pelas calçadas. Parece um político em tempos de eleição...

O visual da feira, da rua principal... A presença de Creuza...

As negociações...o porta malas cheio e agora rumo ao supermercado... um dia de compras quase completo... (faltou a carne dos gatos, na galeteria e a parada da padaria).

No supermercado encerrou a maratona de compras do sábado...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...