sexta-feira, 22 de maio de 2015

A PREOCUPAÇÃO DE PAPAI COM O CHEVETINHO...


Nada como um carrinho velho, mas de estimação, para ocupar a mente do idoso. É o caso do Chevetinho, pois além do valor emotivo para papai, é alvo de cobiça dos filhos, netos e até bisnetos. Quando o assunto é esse carro, as paredes do individualismo sobem até a cabeça e os laços de camaradagem, amizade e solidariedade familiares são rapidamente afrouxados. Mas voltemos a papai. Descobriu que a proteção interior do porta malas está danificada e já me mostrou a falha com pesar. Para acalmá-lo, prometi que Dedé ia dar um jeito. Que seria de nós sem Dedé? Seu nome é o primeiro que sai, para solucionar qualquer problema. Conhecendo a impaciência e persistência do patriarca, esse genro predileto, está, mesmo sem saber, mais do que comprometido. Uma advertência aos idosos da família: uma máquina de estimação é valorosa na ociosidade da velhice... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...