sexta-feira, 5 de junho de 2015

A CHARADA DE PAPAI...


Entender e seguir o raciocínio de papai requer uma habilidade mental de quem decifra charadas. Almoçávamos, ele e eu, ontem, quando começou a falar, com seriedade, sobre algo que necessitava comprar, gesticulando, apontando para fora, e para não contrariá-lo concordei com todos as exposições, até que veio a pergunta: "Acha melhor comprarmos duas?" Paralisei instantaneamente, pois não tinha a menor ideia do que falava, mas agi, também, rapidamente, na resposta: "seria melhor perguntar a Dedé"... Que culpa senti, trazendo o nome de Dedé em vão, só para ganhar tempo, Esse genro é sinônimo de segurança e resolução de problemas e papai pareceu mais confiante. Continuou elaborando que seria melhor comprarmos duas, uma para agora e outra para o futuro. Pensei: "que bom que planeja... meu precavido pai". Depois do almoço, saiu para o quintal, enquanto eu limpava a mesa, tentando imaginar o que queria. Quando o segui, descobri a charada: na pia, colocara suas havaianas, com uma correia quebrada. Que alívio. Todo esse planejamento referia-se à compra e substituição dessa correia danificada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...