sexta-feira, 30 de outubro de 2015

PAPAI DIVERTE-SE COM SUAS PRÓPRIAS HISTÓRIAS...


É interessante observar como papai lida com o esquecimento no seu relacionamento com pessoas. No primeiro encontro, saúda a pessoa, com um aperto de mão, e logo diz: "oi rapaz, como vai?" Sempre escuta o outro, com um sorriso acolhedor. Não lembra nomes e nem identifica ninguém, mas não perde o trato cordial. E nesses encontros, vem a curiosidade sobre suas histórias. Comum ouvir: "Seu Alderi, como foi aquela história da pedra da serra? e como papai, em resposta, ri efusivamente, o indagador acaba lhe contando como esse amigo que veio visitá-lo, olhando para serra, perguntou se a pedra lá de cima nunca tinha caído, e que ele respondera: "caiu sim, mas nos juntamos, tomamos uma cachaça e a colocamos de volta." A pedra em questão deve pesar algumas tantas toneladas. Mais risadas e ele parece divertir-se muito com o conto. Com certeza, não tem, dele, a menor lembrança. E assim, na interação social, diverte-se com suas próprias histórias, com se as ouvisse pela primeira vez.  

2 comentários:

  1. Verdade querida, e graças a Deus, nós também, s choro nem vela...muito pelo contrário, agradecendo a Deus por cada dia...você , queridinha, cuida para que esses dias sejam mais alegres.

    ResponderExcluir
  2. Verdade querida, e graças a Deus, nós também, s choro nem vela...muito pelo contrário, agradecendo a Deus por cada dia...você , queridinha, cuida para que esses dias sejam mais alegres.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...