quinta-feira, 31 de março de 2016

TIA RITINHA, A TIA CAÇULA DE PAPAI...


É difícil imaginar que papai, com quase 88 anos, ainda tem uma tia legítima, ou seja, irmã da sua mãe. Ela é filha do segundo casamento do seu avô, Cândido Tumba. Hoje, Marlene, a que sabe tudo de todos, expandiu seus conhecimentos e informações familiares numa conversa animada com a tia, recordando histórias e contos sobre os familiares que já se foram. Tia Ritinha é de uma lucidez invejável. Tirou dúvidas de parentescos e nos encantou com histórias da, notária, paciência de vovô Terto, pai de papai.


Tia Ritinha, Marlene, ao centro, Gorete, sua filha, à esquerda e a sobrinha, Jadete, à direita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...